quinta-feira, 21 de março de 2013

Puta da Solidão...!



Estou a enlouquecer brandamente como se estivesse mergulhada em banho-maria.

Caminho de forma incerta.

Há quem seja duma geração estoica, se calhar também sou e ainda não me apercebi. Serei feita duma colecção de equívocos? Ou terei que ascender a Joana d’Arc do coração?

Deixei de me lamentar, ninguém tem obrigação de carregar as minhas penas.

Digo para mim mesma… vais ter que subir a puta da montanha senão levas com uma bomba pelos cornos
Isto digo eu para aligeirar a coisa. Há quem parta sem mais voltar e eu ainda aqui estou na gaiola conjugal entediada no compêndio da sorte.

PDS – puta da solidão.

Espio-me, sinto no ar o cheiro adocicado do sono profundo misturado com muito e bom sexo. Hummm….. Estou mesmo a sonhar.

Tempos se perdem nos intervalos enquanto converso sozinha, mesmo assim antecipo a sequência das existências e concluo:

És a pessoa mais indecisa que já conheci!




Sem comentários: