terça-feira, 10 de agosto de 2010

S/T

Não sei que disse.
Não sei que fiz.
Sei que  me faltas.

Não sei nunca ser feliz com as palavras.

Não sei apertar nos meus braços quem gosto, muito.
Sei que estou surdo de não ouvir a tua voz.

Não sei lidar com felicidades que os  amigos me ofertam.
Não sei estar perto quando devo.
Sei que tenho saudades.

Vou pra férias.
Fiz uma lista de coisas pra levar.
Já risquei quase tudo.
Estão guardadas.

Tenho escrito um beijo teu.
Falta colocar um traço sobre a palavra, queria leva-lo na bagagem comigo.

Gosto de ti, Maria.

Poema de José Caldeira

---------------------

Obrigada meu amigo
Coloca o traço e leva-me na tua bagagem
Gosto de ti, José Caldeira