domingo, 15 de novembro de 2009

Imergir... !


Imagem provavelmente protegida pelos direitos de autor

Quero imergir no meu ser
Perceber o capim seco a florescer
Entender o escuro do meu clamor
Procurar o outro lado do eu
O lado menos bom de mim
Aquele que ninguém vê
O que menos me conforta
O meu brinquedo do prazer

Não quero ter nomes nem cognomes
Quero ser a torrente do vento
Conhecer o natural vendaval
E neste jogo não há perdedores

Quero captar a essência
E imergir no meu ser.

3 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

QIUERIDA MARIA, BELO POEMA AMIGA...!
ADOREI NESTA NOITE CHUVOSA... VOTOS DE UMA FELIZ SEMANA... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA... FERNANDINHA

Gonçalo disse...

Olá bom dia

bonito blog.....e que belos poemas...é sempre bomdescobrir as coisas boas, faz-nos sentir bem

parabens pelo teu blog

Gonçalo

vquartinblog disse...

...um ser muito sensível,
e, estou aprendendo, fácil de partilhar !
bjx