terça-feira, 23 de junho de 2009

Ausencia !

Imagem provavelmente protegida pelos direitos do autor

Esta ausência que me toca a alma,
E que penetra como uma lança aguda,
Tira-me o sono, a paciência, a calma!
Angustia-me tanto, tanto assim!
Quero com um grito, sufocá-la,
O seu gemido nunca mais ouvir
Poder dormir e depois sonhar,
E neste sonho quero sentir-te.
Quero esmagar, toda a solidão,
Procurar-te encontrar-te, então,
Não te deixar partir!
Que este instante seja eterno,
Para terminar com todos os meus infernos,
Quero abraçar-te...
Beijar-te...
Amar-te...
E dormir!

8 comentários:

O Profeta disse...

Chegou ao fundo de mim
A melodia da chuva miúda
Lavou-me a alma, a saudade
Nasceu uma planta gerada do nada

Nasceu!
Nascem a todo o instante
Os sentires vindos da alma
Tatuados a cada semblante


Boa semana



Doce beijo

▒▓█► JOTA ENE ® disse...

๏̯͡๏

Bonitas palavras.

Bjo___fotografado!

OUTONO disse...

Se fotografar é um estado d'alma...como dizes...poetar é uma beleza a fotografar.

Muito envolvente.

Beijinho

mundo azul disse...

________________________________


...um grito de amor!

Belo e melancólico...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

_________________________________

rosa dourada/ondina azul disse...

Bela poesia cheia de sentimento :)))


Beijinho,

O Profeta disse...

Ao meu querer!
Dias noites, estações esquecidas
Inventei sonhos para sonhar
Lavei mágoas, dores perdidas

Uma árvore toca as águas da lagoa
O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
Um Melro negro solta um pio ao acaso
A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


Convido-te a ver a Cor da Claridade


Doce beijo

Poeta disse...

"Ausência !" bj

Light Wings Above disse...

o contraste entre a sensação de perda associada ao desespero, tristeza e desnorte e a alegria, paz, calma e tranquildiade que a presença de uma pessoa amada pode trazer à nossa vida, é sem dúvida, o delinear contrastante de tudo aquilo que o amor é =)