quarta-feira, 11 de março de 2009

Sem Nome !




Faço do teu nome
Um caminho de curvas desertas,
Estradas incertas
Rastos e portas abertas
Como uma paixão que desperta
Numa solidão que aperta
Não existe trajectória certa,
Ou linha recta
Mas uma aventura encoberta
E uma vontade descoberta.

Faço de ti vontade que reveste
E a tua lembrança que veste
Uma esperança forte
Como se, e tão somente se, com sorte
Eu pudesse tê-la em meu norte
Faço de nós um rascunho
Que escapa ao punho
Linhas fogazes
Desejos vorazes

Uma trajectória que passa por mim
E que termina aqui
Numa história sem fim…

8 comentários:

Paulo disse...

Gosto gosto, história sem fim mas com um percurso vivido diria....

COmo sempre palavras que tocam palavras que falam.

e mais não digo

Jocas

Juan Carlos Araya A. disse...

pasé a visitarte a esta casa extrañando tus fotografias
Saludos
JC

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA MARIA, SUBLIME POEMA AMIGA... ADOREI... UM GRANDE ABRAÇO DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Paulo disse...

Um rosto sem nome? não sei

Definição
descrição
identificação...

Mulher plena, resolvida
Digna e terna,
Espalha por onde passa
a magia, o encanto
desejo partilhar
procuro descobrir
tento concretizar.

Es intensa, porem sublime
ora ausente, ora presente
mimo-te com docura
Espelho da tua alma
revejo pelos teus olhos
encontro em ti paz,
carinho, emoção
Poder dizer-te algo mais
que apenas sim
querer sentir mais
que apenas ser
Es luz, escuridão
contornos de pintor
paleta de sensações

numa palavra então
es para mim
cada dia que passa
tagide, musa
Inspiração

O Profeta disse...

Para lá desta janela sincera
Mora a luz radiosa, inconstante
Esta Lira liberta uma breve melodia
Que a brisa carrega adiante

Passos amedrontados
Olhos abertos sem vida, sem fervor
Sons mais que mil e muitos
Máscara da ironia de Deus superior

Bom fim de semana


Mágico beijo

Sunshine disse...

Sonhei com histórias sem fim... agora saboreio os dias em que percorro estradas incertas.
Gostei muito do teu poema.
Obrigada pela passagem pelo meu cantinho.
beijinhos com raios de sol

Jotas disse...

Maria, lindo de mais, deixar fluir a vida nem sempre se consegue.

▒▓█► JOTA ENE ® disse...

Bonitas palavras sem dúvida