domingo, 11 de maio de 2008

Tapa-me a boca... !


Carrega-me para o quarto

Despe-me com fervor

Atira-me para a cama

Beija-me ardentemente

Lambe-me os seios

Percorre-me com avidez

O meu corpo serpenteia

Quero as tuas mãos quentes

Quero sentir-te fogoso


Faz o que te peço

Põe-me de bruços

Acaricia-me lentamente

Pernas semiesferoidais

Unhas cravados na almofada

Cabelos escorridos pelos ombros

Nuca desnuda

Costas que sentem o teu peito

Corpos com movimentos

Em proporções regulares


Consome-me extasiadamente

Aperta-me os seios com as tuas mãos de concha

Mergulha em mim

É bom assim

Um conjunto em simbiose

Tacteia-me as coxas

Debruça-te

Invade o meu ser

Lentamente dá-me prazer

Suavemente

Agora velozmente amor


Quero-te pungente

Entrego-me à febre

Do teu ser

Lânguida de prazer

Gemo baixo sem pudor

Colas os teus lábios aos meus

Dois corpos molhados

Arrepiados de desejos

Sinto-te

Tocas a musica que eu quero ouvir


E peço-te:

Tapa-me a boca…

4 comentários:

Nuno disse...

Miauuuuuuuu...

:)

Bjinhos

Gato_malvado

Isa&Luis disse...

Olá,

Lindo! Deleito-me num manto de sensualidade.

Beijo meu

singularidade

Uma Malvada disse...

Olá,

Não é uma inconfidencia, mas podias deixer-me publicar esta tua confidencia no meu blog.

Gostei da sensualidade!

Light Wings Above disse...

fantasticamente descrito....
AMEI AMEI!!!
Desafio-te a passares os olhos pela minha descrição da Dança : http://coracaoemsorrisoaberto.blogspot.com/2009/05/danca.html