terça-feira, 29 de abril de 2008

Non, Je Ne Regrette Rien (Hino ao amor, Marion Coutillard)




Não! Nada de nada…
Não! Eu não lamento nada…
Nem o bem que me fizeram
Nem o mal - isso tudo me é igual!

Não, nada de nada…
Não! Eu não lamento nada…
Está pago, varrido, esquecido
Não me importa o passado! (2)

Com minhas lembranças
Acendi o fogo (3)
Minhas mágoas, meus prazeres
Não preciso mais deles!

Varridos os amores
E todos os seus “tremolos” (4)
Varridos para sempre
Recomeço do zero.

Não! Nada de nada…
Não! Não lamento nada…!
Nem o bem que me fizeram
Nem o mal, isso tudo me é bem igual!

Não! Nada de nada…
Não! Não lamento nada…
Pois, minha vida, pois, minhas alegrias
Hoje, começam com você!

———————————————————-

Ela é realmente um hino ao amor.

3 comentários:

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Maria, excelente...
Beijos

Nuno disse...

Belo hino ao amor.
Gostei


Beijinhos :)


Gato_malvado

O Profeta disse...

Na água tudo se perde
Lavas do rosto a desventura
Uma lágrima é simples gota
Perdida do mar da ternura

A chuva percorre um caminho incerto
Viaja nas asas do vento norte
A manhã é cadeia de anseios
Que dita a boa ou a má sorte


Bom fim de semana