sábado, 29 de março de 2008

Perdida !

Imagem possivelmente protegida com direitos de autor.


Perdida no caminho
ninguém me segura
caminho sozinha
com a minha amargura

Mão estendida ao vento
para o mundo
dignidade num tormento
de uma pobre criatura

Madrugada fria, e impávida
soam as horas na escuridão
não há alma, não há dádiva
para um leito feito de solidão

Nas entranhas da cidade
as lembranças do passado
embriaguez sem vaidade
de uma vida sem cuidado

2 comentários:

lgbolhares disse...

Não conhecia estas memórias... Ainda bem que cá vim. Voltarei!

Beijinho

Maria disse...

Igbolhares,

Obrigada pelo simpático comentário!

Beijocas