quarta-feira, 5 de março de 2008

Pegadas !


São efémeros os vestígios
Que te sobraram de mim.
Sem despedidas,
Deixo meu rastro
Na areia do tempo,
Movediça aos teus olhos,
Para que não descubras
O rumo da minha fuga.

Carlos Souza

1 comentário:

quintarantino disse...

... pois se a menina gostou do que viu lá no meu modesto recanto, eu saio daqui deslumbrado ...