sábado, 5 de janeiro de 2008

Cinco Lágrimas

Acordei de uma maneira diferente

Olhei para dentro de mim

E lá estava

Um grande vazio

Um vazio imenso

Recheado de restos de sonhos,

Cinzas de pensamentos,

Migalhas de sentimentos…

Já não consigo chorar

Mais de cinco lágrimas,

O mesmo vazio se repete

É uma dor anestesiada.

Já não consigo chorar

A mesma dor persiste

É tão sentida, tão vivida,

Que não consigo senti-la.

É o espaço exacto de cinco lágrimas

Já foram todas choradas,

Sentidas, desperdiçadas

São cinco…

… Apenas cinco lágrimas…

1 comentário:

Anónimo disse...

Um vazio de sentimentos************************as nossas lágrimas são sempre mais de cinco***************** Gostei do texto....................
Bjs